Renato Cunha fala da competitividade do Etanol

Em matéria do Nosso Agro, Renato Cunha, fala das medidas que precisam ser tomadas para manter a competitividade do etanol.


“Para os EUA, cedendo um pouco no mercado de açúcar e para o Brasil tentando também fazer uma correlação entre açúcar e etanol. Esse é o caminho moderno, que faz com que os empregos sejam preservados e haja sempre um fluxo continuo de negócio entre as partes”, reforça Renato Cunha.


Confira matéria completa no vídeo abaixo:



12 visualizações0 comentário