Norte-Nordeste chega a 43,16 mi t de cana moídas no acumulado de 2020/21

Apesar de queda de 1,4% na moagem, volume de açúcar fabricado teve ampliação de 4,5%, chegando a 2,39 milhões de toneladas

(via: https://www.novacana.com/n/cana/safra/norte-nordeste-43-16-mi-t-cana-moidas-acumulado-2020-21-280121)



O acompanhamento da safra 2020/21 de cana-de-açúcar no Norte-Nordeste, feito pela Associação dos Produtores de Açúcar, Etanol e Bioenergia (Novabio), aponta para uma redução de 1,4% na moagem. Com base em números do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), a produção de cana foi calculada em 42,16 milhões de toneladas no acumulado até 15 de janeiro deste ano.


A concentração de açúcar total recuperável (ATR) na cana também apresentou uma redução de 0,9% no período, com o resultado de 133,29 kg/t.


A safra 2020/21 começou entre abril e maio do ano passado para Amazonas, Ceará, Maranhão, Pará, Piauí e Tocantins. Por sua vez, Alagoas, Bahia, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Sergipe iniciaram a moagem entre agosto e setembro.


Açúcar e etanol

Até 15 de janeiro, a produção de açúcar no Norte-Nordeste apresentou um crescimento anual de 4,5%, chegando a 2,39 milhões de toneladas. Mesmo com a menor disponibilidade de matéria-prima, isso foi possível porque uma parcela maior de cana foi direcionada para a fabricação do adoçante: 43,44% ante 40,63% em 2019/20.


Consequentemente, a fabricação de etanol teve uma queda acentuada na comparação anual, de 7,1%, com 1,83 bilhão de litros produzidos até 15 de janeiro. Mas o presidente executivo da Novabio, Renato Cunha, reforça que, ainda que a safra esteja mais açucareira, o Norte-Nordeste tem aumentado sua produção de anidro.


Do volume total fabricado no período, 862,19 milhões de litros foram do combustível destinado à mistura na gasolina, o que representa uma elevação de 5,1%. Já a produção de hidratado somou 969,12 milhões de litros, uma retração anual de 15,8%.


Em 15 de janeiro, os estoques de etanol da região armazenavam 234,15 milhões de litros de anidro e 150,9 milhões de hidratado. Na comparação anual, estes volumes representam uma elevação de 76,4% e uma redução de 25,7%, respectivamente. No total, a estocagem é de 385,05 milhões de litros – 14,6% a mais que um ano antes.


Renata Bossle – novaCana.com

3 visualizações0 comentário

Contato

  • Facebook ícone social
  • Twitter ícone social
  • Instagram ícone social
  • LinkedIn ícone social

Endereço

Cais da Alfândega,

130 - Recife, PE, 50030-100 

 

Telefone: (81) 2137-7622 

LatinaPR

e-mail: ralmeida@latinapr.net.br

81 3038-0305

Criação e gestão do portal e redes sociais são projetos da LatinaPR

Imprensa