Exportações brasileiras do agronegócio cresceram 18% em maio

Segundo o Ministério da Agricultura, valor alcançou quase US$ 11 bilhões

As exportações do agronegócio brasileiro registraram valor recorde em maio, segundo dados divulgados pelo Ministério da Agricultura. Foram US$ 10,93 bilhões, alta de 17,9% em relação ao mesmo mês do ano passado. O setor respondeu, assim, por 60,9% da receita total dos embarques do país. Nos cinco primeiros meses do ano, as vendas externas de produtos agropecuários cresceram 7,9%, para US$ 42 bilhões.

O crescimento das exportações do agronegócio em maio foi influenciado pelo forte aumento do volume exportado, segundo boletim da Secretaria de Comércio e Relações Internacionais da Pa\sta. O índice de quantidade exportada subiu 25,7%. O volume de soja em grão exportado, principalmente para a China, foi o destaque, com o recorde de 15,51 milhões de toneladas para os meses de maio. Por outro lado, o índice de preço das exportações caiu 6,2%. O desempenho reflete os embarques dos cinco principais produtos: soja em grão (US$ 5,2 bilhões), carne bovina (US$ 780 milhões), açúcar (US$ 767 milhões) e café verde (US$ 468 milhões). Já as importações de produtos do agronegócio diminuíram quase 30% no mês passado em relação ao montante registrado em maio de 2019, para US$ 1,18 bilhão. “As exportações do complexo soja responderam por mais da metade do valor exportado pelo Brasil em produtos do agronegócio. As vendas externas do setor chegaram a US$ 5,88 bilhões em maio de 2020, o que representou uma expansão de 43,0% em relação aos US$ 4,11 bilhões exportados em maio de 2019”, diz boletim da SCRI. As exportações de carnes subiram de US$ 1,42 bilhão, em maio de 2019, para US$ 1,58 bilhão em maio de 2020, alta de 11,5%. O destaque para a carne bovina, responsável por praticamente a metade do valor no segmento. Foram US$ 682,64 milhões em vendas externas de carne bovina in natura, aumento de 41,5% em relação aos US$ 482,41 milhões exportados em maio de 2019. O volume exportado também foi recorde, com 155,14 mil toneladas, aumento de 24,8%. A China comprou 44,9% de todo valor exportado pelo Brasil em produtos do agronegócio, com US$ 4,91 bilhões em aquisições, alta de 50,4% na comparação com o mesmo mês de 2019. O país asiático foi o maior importador da soja em grão, carnes (bovina, suína e de aves), açúcar e celulose do Brasil.


Fonte: Valor Econômico

0 visualização

Contato

  • Facebook ícone social
  • Twitter ícone social
  • Instagram ícone social
  • LinkedIn ícone social

Endereço

Cais da Alfândega,

130 - Recife, PE, 50030-100 

 

Telefone: (81) 2137-7622 

LatinaPR

e-mail: ralmeida@latinapr.net.br

81 3038-0305

Criação e gestão do portal e redes sociais são projetos da LatinaPR

Imprensa