BOLSONARO APOIA VENDA DIRETA

Venda direta: Governo apoia posição defendida pela NovaBio



A venda direta de etanol das usinas aos postos de combustíveis, que flexibiliza a transação comercial do biocombustível sem a intermediação de agentes distribuidores, está desde o início da semana entre as principais pautas discutidas no Congresso Nacional. O assunto foi destaque na mídia nacional após o presidente Jair Bolsonaro pedir ao presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, celeridade no processo de aprovação da medida em plenário.


O presidente da NovaBio, Renato Cunha, cuja entidade representa usinas e destilarias de etanol em 10 estados brasileiros, ressalta a urgência de se levar adiante a lei, que embora já aprovada pela Comissão de Minas e Energia da Câmara, ainda precisa de uma nova resolução da Agência Nacional do Petróleo (ANP) para entrar definitivamente em prática.


“Desde 2017, as usinas do Nordeste lutam por essa alternativa racional para eliminação e diminuição do chamado ‘frete morto’, com ganhos ambientais e sociais bastante evidentes. Não há mais justificativa para criar obstáculos, a tese é justa e os parlamentares, sensíveis a isso, já se mobilizam para revogar a atual norma estabelecida pela ANP”.


De acordo com a NovaBio, em muitos casos as usinas têm seus custos de produção elevados com o dito “frete morto”, que resulta em um “passeio” desnecessário do biocombustível entre a produção e o consumo final nos postos. De acordo com a entidade, a venda direta beneficia indistintamente produtores e consumidores, que terão preços mais em conta, sem afetar interesses maiores da cadeia de distribuição já consolidada no Brasil.



11 visualizações0 comentário

Contato

  • Facebook ícone social
  • Twitter ícone social
  • Instagram ícone social
  • LinkedIn ícone social

Endereço

Cais da Alfândega,

130 - Recife, PE, 50030-100 

 

Telefone: (81) 2137-7622 

LatinaPR

e-mail: ralmeida@latinapr.net.br

81 3038-0305

Criação e gestão do portal e redes sociais são projetos da LatinaPR

Imprensa